top of page

Centro Palmares participa do III Encontro de Inclusão e Diversidade

Evento promovido pela Bahiana destaca a importância da acessibilidade e educação Inclusiva.


O III Encontro de Inclusão e Diversidade aconteceu no dia 25 de outubro, no Campus Cabula da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Com o tema "Formação acadêmica e desenvolvimento profissional", o evento enfocou a visibilidade das pessoas com deficiência no ambiente acadêmico. O Centro Palmares participou através da presença da Presidente Tatiane Souza e Danilo Moura, membro do conselho político. A abertura contou com intérprete de libras, equipamentos de audiodescrição e foi conduzida por Angélica Mendes, coordenadora do Núcleo de Atenção Psicopedagógica (NAPP).



Foram realizadas duas mesas, a primeira "Processo de inclusão da pessoa com deficiência no ambiente profissional e acadêmico", destacou a importância da participação ativa das pessoas com deficiência na universidade. A pedagoga Cristina de Araújo Reis, com baixa visão, compartilhou suas experiências, enfatizando a necessidade da inclusão no ambiente acadêmico. Na segunda mesa-redonda, intitulada "A diversidade de gênero no processo de formação acadêmica", Álon Maurício da Silva, psicólogo e ex-aluno da Bahiana, discutiu os desafios enfrentados pela comunidade LGBTQI+ com deficiência. O evento encerrou com a palestra do professor de Odontologia, Ricardo Araújo, sobre o trabalho com pessoas transexuais no contexto pedagógico e da saúde.


Para Danilo o espaço foi um importante passo para se abordar leis de inclusão e a importância do diálogo no enfrentamento tanto de preconceito como do racismo em suas diferentes formas de discriminação. O encontro ainda apresentou a banda Opaxorô, composta por membros da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), que encantou a plateia com o espetáculo "Era Uma Vez". Estudantes, como Crisitane Oliveira da UFBA, elogiaram a iniciativa da Bahiana em promover acessibilidade e inclusão, enquanto Ian Araújo, estudante de Odontologia, destacou a relevância do evento para entender e respeitar as diferenças no ambiente acadêmico e social.


O III Encontro de Inclusão e Diversidade da Bahiana reforçou a importância da inclusão ativa e do diálogo para criar um ambiente acadêmico verdadeiramente inclusivo.

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page