top of page

CIDH oferece bolsa para trabalho remoto sobre direitos da população afrodescendente

Prazo limite de inscrição é até dia 21 de abril de 2023 às 18:30 horário de Brasília.

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) está atualmente aceitando inscrições para bolsa de trabalho como Relator(a) responsável pelos Direitos dos Afro-descendentes e para combater a Discriminação Racial. Esta é uma oportunidade única de se familiarizar e aplicar os mecanismos de proteção fornecidos pelo Sistema Interamericano de Direitos Humanos na área dos direitos dos afrodescendentes e na luta contra a discriminação racial. O programa da bolsa envolve o apoio ao trabalho da Relatoria dos Direitos dos Negros e Contra a Discriminação Racial da SE/CIDH, supervisionado por especialistas e coordenadores de área durante o período de duração da bolsa. A concessão da bolsa está sujeita à disponibilidade de financiamento durante o período de duração.


Destinada à cidadãs e cidadãos que atendam os seguintes requisitos:

  • Ser cidadão de um Estado Membro da OEA.

  • Ter um diploma profissional nas áreas de Direito, Ciência Política, Relações Internacionais ou outra Ciência Social, de uma universidade oficialmente credenciada.

  • Ser fluente em pelo menos 2 dos 4 idiomas oficiais da OEA (espanhol, inglês, francês, português).

  • Ter obtido o diploma profissional nos últimos sete anos;

  • Experiência profissional e/ou universitária demonstrável na área dos direitos humanos; preferencialmente na área de grupos étnico-raciais.

  • Dispor dos equipamentos e serviços tecnológicos necessários para a realização de trabalhos remotos, incluindo uma conexão estável à internet que permita a realização de videochamadas.


Documentos necessários:

  • Carta de apresentação do interessado.

  • Duas cartas de recomendação (acadêmica ou profissional).

  • Curriculum vitae.

  • Cópia do título profissional.

  • Certificado que acredita o segundo idioma (caso não possua, anexe nota explicativa).

  • Trabalho escrito, de até 4 páginas, não editado por outra pessoa, sobre tema na área dos direitos humanos dos afrodescendentes e contra a discriminação racial de interesse do candidato. O trabalho escrito pode ser apresentado em espanhol, inglês, português ou francês


A bolsa será conduzida à distância e terá a duração de 11 meses, a partir de 1º de maio de 2023 a 31 de março de 2024, sujeito a alterações. A bolsa consiste em diversas atividades, incluindo o monitoramento da situação dos direitos dos afrodescendentes e da discriminação racial na região, colaborando com a equipe da Relatoria sobre os Direitos dos Afrodescendentes e Contra a Discriminação Racial da SE/CIDH na elaboração de relatórios temáticos e de países.


O bolsista também será responsável pela busca e análise de informações sobre a situação dos direitos dos afrodescendentes e da discriminação racial, bem como a preparação de documentos para audiências temáticas, reuniões de trabalho e visitas da SE/CIDH. Além disso, o bolsista colaborará em iniciativas voltadas para a promoção e divulgação do Sistema Interamericano de Direitos Humanos e da Relatoria sobre os Direitos dos Afrodescendentes e Contra a Discriminação Racial.


Após a conclusão do período de trabalho, o bolsista deverá apresentar à SE/CIDH um relatório detalhado sobre suas atividades realizadas. Outras atividades relacionadas ao objetivo da bolsa também poderão ser atribuídas.


mais informações em: https://www.oas.org/

234 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page