top of page

COMUNIDADE QUILOMBOLA MORRO DO MIRIQUI, EM ILHÉUS, SOFRE COM FORTES CHUVAS

Após fortes chuvas, as águas do Rio Cachoeira invadiram completamente casas e plantações das cerca de 250 famílias que compõem a comunidade quilombola Morro do Miriqui. Moradores ficaram desabrigados e precisaram se abrigar na casa de vizinhos, um deslizamento de terra invadiu os quintais de cinco casas, atingindo um idoso de 70 anos na Vila Nazaré, na cidade de Ilhéus. A vítima foi levada para um hospital com ferimentos nas pernas e está sob observação.


Única comunidade quilombola certificada da cidade, infelizmente, essa não é a primeira vez que enfrentam essa situação, em dezembro do ano passado, as chuvas também causaram grandes prejuízos para as famílias.


Foto: Arquivo Pessoal


Além da Comunidade Quilombola Morro do Miriqui, outras regiões de Ilhéus também sofreram com as chuvas, com a Defesa Civil do município registrando 150 ocorrências até as 13h da sexta-feira, incluindo alagamentos, deslizamentos de terra, desabamento de terra e quedas de árvores.


Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Ilhéus registrou 177 mm em apenas 12 horas e emitiu um alerta vermelho para a região, prevendo que a chuva persista no município até terça-feira, 25 de abril. Diante desse cenário, as mães quilombolas da Comunidade Morro do Miriqui estão solicitando ajuda urgente das autoridades responsáveis.




81 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page