top of page
logo_mndh_horizontal_2000x760-1024x389-300x114.png

O Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) foi estabelecido em 1982 como uma resposta às violações generalizadas de direitos humanos no Brasil, tanto por entidades públicas quanto privadas, motivadas pela impunidade.

 

Surgiu em um contexto de luta contra a repressão política e a tortura, com o apoio de grupos como a Igreja Católica, Igrejas Protestantes, Associação Brasileira de Imprensa e a Ordem dos Advogados do Brasil. Durante o regime militar, houve um fortalecimento das ações em defesa dos direitos humanos, com destaque para as campanhas pela anistia, apoio aos movimentos sindicais e contra a Lei de Segurança Nacional.

IMG_0585-1024x576.jpg

A partir de 1979, a preocupação com os segmentos marginalizados da população cresceu, com a ampliação da luta por direitos socioeconômicos e político-culturais, incluindo saúde, trabalho, moradia e educação. Surgiram os Centros de Defesa dos Direitos Humanos (CDDHs), que, apesar das dificuldades estruturais e da discriminação, buscavam enfrentar as violações de direitos.

 

No entanto, a extensa geografia brasileira dificultava a comunicação e a mobilização entre os grupos, destacando a necessidade de maior articulação para fortalecer a luta contra a opressão institucionalizada e a injustiça social.

WhatsApp Image 2024-04-20 at 11.44.22.jpeg

REPRESENTAÇÃO DO CENTRO PALMARES

Estrutura WhatsApp Image 2023-02-14 at 18.08.54.png

Gildázio Santos

Estrutura WhatsApp Image 2023-02-14 at 21.54.29.png

Sirlene Corrêa

“A educação é um elemento importante na luta pelos direitos humanos. É o meio para ajudar os nossos filhos e as pessoas a redescobrir a sua identidade e, assim, aumentar o seu auto-respeito.”
 Malcolm X

COLABORE COM NOSSAS AÇÕES

PERFIL INSTA11.jpg
bottom of page