top of page

Centro Palmares participa de reunião para Marcha em Defesa das Mulheres


Diversos grupos de mulheres participam da reunião de organização do 8M


Na próxima sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, está programado para acontecer em Salvador o 8M Bahia, uma marcha que será realizada, com saída às 13hs do Campo Grande em direção a Praça Castro Alves. A última reunião do 8M reuniu diversas organizações da sociedade civil, partidos, parlamentares, variados grupos e movimentos de mulheres aconteceu ontem e entre as instituições presentes o Centro Palmares estive presente e representado por sua presidente, Tatiane Souza , da Secretaria Administrativa, Jesnaria Oliveira e da Coordenadora do núcleo AtipiCidades Miwky, somando-se a uma diversidade de vozes e experiências que fortalecem essa causa comum.


Este evento não é apenas uma manifestação, mas um momento crucial de resistência e reivindicações, onde mulheres de diferentes contextos e lutas se unem em uma só voz. Ao longo do percurso, serão levantadas bandeiras importantes. Entre elas, a demanda por reconhecimento e valorização do trabalho das mulheres, muitas das quais desempenham suas funções em tempo integral sem receber o devido pagamento.


Tatiane Souza, Jesnária Oliveira e Miwky


Para Tatiane Souza:

"O movimento também dará visibilidade às mães atípicas, frequentemente negligenciadas pela sociedade, cujas batalhas diárias passam despercebidas. Mulheres que perdem suas vidas em silêncio, enquanto a sociedade permanece alheia a suas lutas e dores."

Rodada de organização do 8M


A marcha será um momento de celebração da força e determinação dessas mulheres, que diariamente enfrentam obstáculos e resistem, movidas pelo amor e pela vontade de garantir um futuro melhor para si e para seus filhos. Sigamos juntas e cantaremos: "Companheira me ajuda que eu não posso andar só, eu sozinha ando bem, mas com você ando melhor!"


A marcha do Campo Grande até Castro Alves promete ser um evento histórico, um momento em que as mulheres se fazem ouvir, reivindicando seus direitos e sua dignidade. E é com esse espírito de união e determinação que elas seguirão juntas.

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page