top of page

Centro Palmares participa da V Conferência Territorial dos Direitos da Pessoa com Deficiência


Monique, Miwky e Tatiane, Foto: Tatiane Souza


Hoje (02) foi realizada a V Conferência Territorial dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na cidade de Salvador, marcando a sequência de uma série de encontros que estão ocorrendo nos Territórios de Identidade da Bahia. O evento contou com a participação de delegados eleitos para representar a sociedade civil e o setor governamental, entre as delegadas pela sociedade civil a Presidenta do Centro Palmares, Tatiane Souza, titular e Monique, suplente, e Miwky, suplente governamental de Gisele, professora e mãe atípica da Autimais.


Com o tema "Cenário atual e futuro da implementação dos direitos das pessoas com deficiência: construindo um Brasil mais inclusivo", a conferência tem como objetivo proporcionar um espaço inclusivo para o setor público e a sociedade civil. As etapas territoriais ocorrerão ao longo do mês de dezembro nos Territórios de Identidade, além de Salvador, as próximas etapas territoriais serão realizadas em Barreiras (Oeste Baiano) no dia 05/12, Campo Formoso (Piemonte Norte do Itapicuru) no dia 06/12, Santa Maria da Vitória (Bacia do Rio Corrente) no dia 07/12, Itapetinga (Médio Sudoeste), também no dia 07/12, e Feira de Santana (Portal do Sertão) no dia 08/12.


Foto: Tatiane Souza




A V Conferência Territorial serve como etapa preparatória para a conferência estadual, marcada para abril de 2024, sendo promovida pelo Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência (Coede-BA) e com apoio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos da Bahia (SJDH), através da Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef).


Durante as plenárias territoriais, serão discutidos temas relevantes para a promoção dos direitos das pessoas com deficiência, abrangendo cinco eixos temáticos: estratégias para manter e aprimorar o controle social, garantia do acesso às políticas públicas, financiamento da promoção de direitos, cidadania e acessibilidade, além dos desafios para a comunicação universal.


O intuito das discussões é promover a construção coletiva de propostas que serão levadas para a Conferência Estadual, contribuindo assim para a implementação de políticas públicas mais inclusivas e eficazes para a comunidade de pessoas com deficiência na Bahia.

68 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page