top of page

Centro Palmares participa da Primeira Reunião Ordinária do COMPED 2024-2025 em Salvador

Primeira Reunião Ordinária do COMPED 2024-2025


Em sessão marcada por debates construtivos e planejamento estratégico, foi realizada, no dia 19 de janeiro, a primeira reunião ordinária do Conselho Municipal de Promoção da Equidade Social e Inclusão (COMPED) para o biênio 2024-2025 na cidade de Salvador, membra do conselho, Miwky, coordenadora do Núcleo AtipiCidades do Centro Palmares de Estudos e Assessoria por Direitos esteve presente. O encontro, marcado por dinamismo e participação ativa, contemplou a apresentação dos conselheiros, a distribuição do regimento vigente e a definição das comissões de trabalho.


Miwky integra a comissão de políticas públicas do COMPED, trazendo consigo uma bagagem de experiência e engajamento da equidade social na capital baiana. A reunião contou com a presença de representantes de diversas organizações e setores da sociedade civil, além de membros do poder público. O COMPED, enquanto órgão consultivo e deliberativo, tem como objetivo formular e avaliar políticas públicas, contribuindo para a construção de uma cidade mais inclusiva e justa.


Primeira Reunião Ordinária do COMPED 2024-2025


Durante a sessão, foram discutidos temas, evidenciando a importância da representatividade e do engajamento de organizações da sociedade civil nesse processo, além disso, houve ênfase na importância de ações afirmativas, inclusivas e anticapacitistas, destacando o compromisso do conselho em promover medidas que combatam discriminações e assegurem oportunidades equitativas para todos os cidadãos.


O COMPED é um espaço fundamental para a defesa das pessoas com deficiência, e o Centro Palmares não poderia deixar de ocupar esse espaço.

Miwky - Representante do Centro Palmares no COMPED


O encontro marcou o início de um ciclo de discussões fundamentais para o desenvolvimento de políticas públicas que promovam a inclusão e a equidade em Salvador. A segunda reunião do COMPED está agendada para o próximo mês e promete dar continuidade aos debates fundamentais para o desenvolvimento de políticas anticapacitistas e inclusivas em Salvador.

Comentários


bottom of page