top of page

Encontro em Salinas da Margarida celebra o Mês da Mulher e discute direitos das mães atípicas



Salinas da Margarida, 17 de março de 2024 — Ontem, dia 16 de março, o Centro Palmares e o núcleo AtipiCidades realizaram um encontro marcante em celebração ao Mês da Mulher. Figuras importantes, incluindo Tatiane Souza, presidente do Centro Palmares, Rosana da Hora, coordenadora do AtipiCidades Ilhas, e Jaci Lopes, professora, baiana de acarajé e mãe atípica, participaram do evento. Além delas, outras mulheres que também são mães atípicas na região marcaram presença.


O objetivo principal da reunião foi promover o fortalecimento da autoestima feminina e discutir os direitos das pessoas com deficiência, especialmente nas áreas da educação, mobilidade e saúde.


Destacou-se a importância de ir além do papel materno, reconhecendo que todas as mulheres têm uma identidade própria que precisa ser valorizada. Cuidar de quem cuida foi enfatizado como essencial para o bem-estar e desenvolvimento das crianças e adolescentes neurodivergentes.


O evento evidenciou a necessidade de uma visão mais ampla sobre a estrutura familiar, reconhecendo o papel crucial das mães atípicas na sociedade e reforçando a importância de sua inclusão e apoio em todos os aspectos da vida cotidiana.


Este encontro não apenas celebrou o Mês da Mulher, mas também serviu como um espaço de reflexão e diálogo sobre questões fundamentais para a promoção da igualdade de gênero e dos direitos das pessoas com deficiência.



70 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page