top of page

Famílias Atípicas realizam Ato em Lauro de Freitas Exigindo Cumprimento de Direitos para Autistas


Foto: Divulgação


Pais, mães e líderes envolvidos na causa dos autistas se reuniram no Centro Administrativo de Lauro de Freitas (CALF) em um protesto visando cobrar da prefeitura o cumprimento de leis e solicitações feitas em outubro de 2021. Na reunião realizada no gabinete, Tatiane Souza do Centro Palmares, Géssica Lopes do Tikos Autismo, Caio Oliveira da Frente de Servidores Públicos de Lauro de Freitas, Deyvisson Barreto do Tikos Autismo, Lidiane Reis do Instituto Kurumin e Ton do MTST estiveram presentes.


Entre os relatos está a falta de ações efetivas da gestão municipal no que diz respeito aos atendimentos com autistas no Caps infantil, à inclusão nas escolas e a falta de diretrizes para crianças e adolescentes registrados como Pessoas com Deficiência (PCD), apesar de uma campanha lançada pela prefeitura em 2021 para registrar essas informações. As representações da prefeitura alegaram que as reivindicações do protesto de outubro de 2021 não foram atendidas devido a mudanças nos setores e cargos, surpreendendo os pais que assinaram a ata da reunião e apresentaram uma lista de demandas não implementadas.


Foto: Divulgação


O resultado da reunião foi um acordo para ação imediata na confecção da Carteira de Identificação (CIPTEA) e a criação de um Grupo de Trabalho (GT) específico sobre Autismo.


Amanhã (15) uma nova reunião na CALF dará início às etapas de inclusão social nas escolas, unidades de saúde, no esporte e nas demandas dos autistas, baseadas na Lei Romeo Mion e Berenice Piana.

85 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page