top of page

UBM CABOCLAS DE CONCÓRDIA-SC REALIZA ATIVIDADE SOBRE VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA CONTRA MULHERES


Da esquerda pra direita. Jucelei Jacovas, Dirlei Klein, Graciela Albiero (palestrante)


A União Brasileira de Mulheres (UBM) de Concórdia-SC, realizou na última quinta-feira (22) no Centro Cultural da cidade, a atividade Espaço Plural, com o tema "Mas ele nunca me bateu. Identificando a violência psicológica" com participação da psicóloga Graciela Albiero. A atividade visou estimular a identificação da violência psicológica vivida por meninas e mulheres e a necessidade de conscientizar a prevenção de todas as formas de violência contra mulheres. Representante regional do Centro Palmares, Dirlei Klein também esteve presente no bate papo.


Segundo a psicóloga Graciela Albiero:

"Mas ele nunca me bateu". Esta afirmação expressa q há outra violência no relacionamento: a violência psicológica. A violência psicológica é invisível, porém com poder de destruir a autoestima e autoconfiança da mulher. Esta violência é a critica constante, a depreciação e humilhação. O homem aniquila a mulher e ela vai perdendo a noção de quem ela é de fato.

A atividade teve também a participação da Polícia Militar do Projeto Rede Catarina


A violência psicológica manifesta-se através de críticas constantes, depreciação e humilhação, levando a vítima a perder sua identidade e sua noção de valor pessoal. É um processo de aniquilamento gradual, em que o agressor vai minando a autoestima da mulher, tornando-a vulnerável e submissa.


A campanha "Basta" é desenvolvida desde 2018 pela UBM Caboclas de Concórdia-SC no objetivo de dialogar e acolher meninas e mulheres vítimas de violência psicológica e doméstica. Identificar a violência psicológica é fundamental para interromper o ciclo de abuso e evitar que formas ainda mais severas de violência se instalem no relacionamento.



58 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page