top of page

CENTRO PALMARES executará ações, por meio do NÚCLEO ATIPICIDADES DE AÇÕES SOCIAIS - NAS, para assegurar terapias para autistas em Catu-BA

Ações estão garantidas através do edital 001/2024 da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Governo do Estado da Bahia


Catu, BA – O Centro Palmares através do NAS - Núcleo AtipiCidades de Ações Sociais, irá oferecer terapias e atendimentos realizados por profissionais e voluntários para crianças autistas e suas famílias. A coordenação das atividades ficará a cargo de Cintia Esteves com acompanhamento de Monique Reis, também do Centro Palmares, ao todo ação visa atender ao menos 80 pessoas, entre crianças e familiares. Para Monique Reis, destacou a importância das ações do NAS:

"Nossa missão é proporcionar às crianças autistas um espaço onde possam se desenvolver plenamente, recebendo o cuidado e a atenção que merecem. É um trabalho que fazemos com muito amor e dedicação, sempre pensando no bem-estar das famílias atendidas."

Essa nova ação é fruto de recursos do edital do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos - SJDH-BA no valor de 80 mil reais, o NAS oferecerá mutirões de atendimento para orientações sobre laudo técnico e benefícios como o BPC - Benefício de Prestação Continuada, Bolsa Família e passe livre, assim como terapias multidisciplinares para as crianças, com psicopedagoga, terapeuta ocupacional, nutricionista e fonodióloga, além de apoio psicológico individualizado e em grupo para mães e cuidadores, promovendo autocuidado e autoestima, bem como oficinas de sensibilização sobre responsabilidade paterna e masculinidade tóxica. Cíntia Esteves enfatizou o impacto positivo da ação:

"A colaboração Centro Palmares e o Governo mostram um caminho para a execução de políticas públicas para a comunidade atípica, em especial quando a gente pensa a comunidade incluindo os familiares das crianças autistas e que convivem diretamente com o TEA, assim vamos construindo uma rede de apoio sólida e eficiente para as crianças e suas famílias".

Os recursos destinados ao NAS serão utilizados de forma estratégica para garantir a máxima eficiência e impacto no atendimento às crianças autistas, com espaço próprio para a realização das atividades com todo o suporte necessário para seu funcionamento, também serão realizados investimentos em equipamentos e materiais terapêuticos essenciais para as sessões de desenvolvimento neuropsicológico, assim como em atividades com atenção as mães e pais em um dia próprio, por fim, uma porção dos fundos será destinada às atividades de orientação e encaminhamento para acesso a direitos sociais garantindo que as famílias tenham o suporte necessário para enfrentar os desafios associados ao autismo.


Sobre o NAS

O NAS surge em resposta à crescente demanda por terapias para crianças autistas e à insuficiência de vagas na rede pública, filantrópica e privada, como uma iniciativa para suprir a lacuna existente no atendimento a crianças autistas. Nos últimos o Centro Palmares incluiu programas para atendimentos de crianças e adolescentes autistas, como o Ativos no Tea, em Alagoinhas e região, que mobiliza voluntários de diversas áreas para colaborar nas ações relacionadas ao Transtorno do Espectro Autista. Tatiane Souza, presidente do Centro Palmares, comentou sobre os desafios enfrentados:

Estamos determinadas a continuar nosso trabalho, ampliando o atendimento e oferecendo suporte essencial para que mais crianças autistas possam ter acesso a terapias de qualidade e direitos sociais."

Parcerias importantes com entidades como o CEPAIA/UNEB e AUTIMAIS têm fortalecido a atuação do centro em diversas cidades do estado, incluindo além de Catu, Vera Cruz, Itaparica, Salinas das Margaridas, Mata de São João, Lauro de Freitas, Alagoinhas, Camaçari, Valença, Ilhéus e Itabuna. Estas parcerias têm sido fundamentais para o sucesso das iniciativas locais e o fortalecimento de ações lideradas por mães e grupos comunitários, como Autistas Vera Cruz e GMAC.

12 visualizações0 comentário

Kommentarer


bottom of page